7 dicas para economizar e manter a vida social ativa

7 dicas para economizar e manter a vida social ativa

Uma das regras mais importantes para ter uma vida financeira saudável é não gastar mais do que você ganha. Muitas vezes, para atingir esse objetivo, é preciso controlar as despesas e economizar para ter recursos suficientes para se manter e realizar sonhos e objetivos de vida.

Isso não quer dizer que é preciso abrir mão de todo e qualquer gasto que não seja essencial, como atividades relacionadas ao lazer, por exemplo. Saiba que é possível economizar e manter a vida social ativa.

Para isso, é preciso ter em mente que você pode se conectar com outras pessoas e se divertir sem, necessariamente, gastar muito dinheiro com isso.

Continue a leitura e confira as nossas dicas de como economizar e manter a vida social ativa!

7 dicas para economizar e manter a vida social ativa

Ter um orçamento é uma maneira de manter a vida social ativa

1. Faça um orçamento mensal

O primeiro passo para quem deseja guardar dinheiro sem ter que abrir mão da diversão é fazer um orçamento mensal para saber que quantia pode ser investida em lazer.

Liste todas as suas receitas e despesas, distribuindo o que você ganha entre as diversas categorias de gastos, como moradia, alimentação, saúde e diversão.

Comece separando o dinheiro para as despesas essenciais e obrigatórias. Em seguida, reserve parte do valor que sobrou para o lazer.

Além de definir todos os meses o quanto pode gastar com diversão, um cuidado importante é acompanhar os gastos com esse tipo de despesa na conta corrente e no cartão de crédito, para ter a certeza de que você está seguindo o planejamento.

O controle de gastos pode ser feito por meio de um dos diversos aplicativos de gerenciamento financeiro disponíveis no mercado, com planilhas de Excel ou até mesmo da forma tradicional, com caderno e caneta. Independentemente do método escolhido, torne o acompanhamento de gastos um hábito.

2. Planeje viagens e eventos mais caros

Outra dica importante para economizar e manter a vida social ativa é saber planejar. Caso deseje fazer uma viagem ou ir a um evento mais caro, como um festival de música, estime os gastos envolvidos e por quanto tempo precisará poupar para ter a quantia que deseja.

Economizar antes de viajar ou de comprar a entrada para um evento, por exemplo, é uma forma de realizar seus sonhos sem correr o risco de ficar no vermelho e ter que recorrer a um empréstimo no futuro.

Coloque a quantia que você guardar mês a mês em um investimento que ofereça liquidez, como a poupança, para poder sacar a quantia desejada quando chegar a hora.

3. Busque opções de lazer mais baratas

Para economizar sem abrir mão do lazer é preciso ter a pesquisa de preços como aliada. Você não precisa, por exemplo, sair para jantar em um restaurante caro toda semana ou ir ao cinema nos dias mais concorridos, em que os ingressos custam mais caro.

Uma vida financeira equilibrada e saudável exige alguns sacrifícios. Nesse sentido, procure opções de lazer alinhadas com os seus gostos pessoais, mas que sejam mais em conta.

O cinema de sábado pode ser transferido para quarta-feira, por exemplo. Além de os ingressos serem mais baratos, você ainda pode desfrutar de promoções, como descontos em combo com pipoca e refrigerante.

4. Use cupons a seu favor

Além de procurar opções de lazer mais baratas para manter a vida social ativa, outra forma de economizar e continuar se divertindo é buscar descontos e cupons. Sites como o Cuponomia e Cuponeria oferecem cupons de diversas lojas, dos mais variados segmentos, como alimentação e vestuário.

Antes de fazer alguma compra ou adquirir ingressos para teatro, show ou cinema, faça uma pesquisa para buscar descontos e economizar no valor total a ser pago. Assim, você pode curtir o que gosta em termos de lazer sem se descapitalizar.

5. Escolha bem os programas

Outra dica é escolher bem os programas que vai fazer. Priorizar é o segredo. Caso gaste muito em uma determinada saída, como um jantar fora, procure, nos próximos dias, optar por refeições mais baratas.

Dar preferência para programas gratuitos, como shows na praia, piqueniques no parque ou visitas a museus em determinados dias da semana, é uma forma de gastar menos dinheiro sem deixar de se divertir.

Planeje bem a sua semana, escolhendo alguns dias para sair e outros para ficar em casa. Seu bolso agradece!

6. Reúna amigos em casa

Reunir amigos em casa é uma solução para economizar

Estar com amigos é uma atividade que traz alegrias e, ao contrário do que muita gente pensa, não precisa sair caro. Em meses mais apertados, converse com quem você gosta e procure formas de estarem juntos sem, necessariamente, gastar muito dinheiro.

Reunir os amigos em casa, além de garantir a privacidade do encontro, sai muito mais barato do que ir para um bar, onde, além do gasto com comida e bebida, ainda há o pagamento de 10%.

Chame quem você gosta para uma reunião em casa, peça para cada pessoa levar o que vai beber e faça um rateio dos gastos com petiscos. A economia será significativa.

7. Mude os hábitos

Para economizar e manter a vida social ativa é preciso entender que mudar alguns hábitos é fundamental. Você pode sair para jantar fora, mas não precisa sempre pedir entrada antes do prato principal, por exemplo.

Faça uma análise das opções de lazer que você gosta e veja se consegue continuar fazendo esses programas de uma forma mais econômica.

É possível ir a um show, mas por que não substituir o táxi da ida e da volta pelo transporte público? Levar a própria bebida para alguns eventos também é uma maneira de gastar menos sem deixar de se divertir.

Use a criatividade e você certamente encontrará formas de reduzir os gastos, mesmo quando sair de casa para fazer algum programa.

Agora você sabe como economizar e, ainda assim, manter uma vida social ativa. Destinar parte do orçamento para atividades de lazer é fundamental, assim como pensar no futuro. O segredo é saber priorizar e usar o planejamento a seu favor.

Quer ter acesso a outros conteúdos que ajudarão você a manter uma vida financeira equilibrada e saudável? Siga os nossos perfis nas redes sociais — estamos no InstagramFacebook e Twitter!

  • Publicado

    28 de setembro de 2018

  • Categoria

    Educação Financeira

  • Tags Relacionadas

    Finanças pessoais