Passo a passo para quem deseja começar a investir

Passo a passo para quem deseja começar a investir

Começar a investir é passo importante para garantir a segurança financeira e ter dinheiro suficiente para realizar sonhos e objetivos de vida. Tornar-se investidor e alcançar maior estabilidade financeira está ao alcance de todos. Para isso, alguns passos são necessários. Entre eles, separar um valor mensal para investir, definir os objetivos com os investimentos, buscar assistência especializada e conhecer os principais erros dos investidores iniciantes.

Diversificar a carteira e se informar sobre novos produtos financeiros e situação do mercado também são ações importantes para quem quer ter sucesso como investidor e usar a rentabilidade alcançada para conquistar uma vida melhor.

Confira nosso passo a passo para quem deseja começar a investir:

1. Defina um valor mensal

Para se tornar um investidor, o primeiro passo é estipular um valor mensal para suas aplicações financeiras. Revise seu orçamento e defina quanto pode separar da sua renda para essa prioridade. O ideal é destinar 15% dos seus vencimentos líquidos para investimentos. Se não for possível, comece com menos e vá aumentando a porcentagem com o tempo.

É importante que investir se torne um hábito. Por isso, separe uma quantia logo no início do mês para isso. Esse é um cuidado importante para não correr o risco de gastar o dinheiro com outras categorias do orçamento.

Tenha em mente que não se deve contar com a quantia que reservou para investimentos no curto prazo. Dependendo da aplicação escolhida, você perde dinheiro se retirar o valor (ou parte dele) antes da data de vencimento. Quem busca liquidez, deve procurar um investimento que ofereça prazo mais curto para a retirada total ou parcial do dinheiro.

materiais educativos

2. Estipule objetivos

Depois de definir um valor mensal para investir, é importante saber quais são seus principais objetivos com os investimentos. Criar uma reserva de emergência, fazer uma grade viagem, se aposentar com tranquilidade… Ao definir o que você quer, há a possibilidade de escolher as aplicações mais adequadas para suas necessidades. Quem quer criar um fundo para imprevistos, por exemplo, deve optar por um investimento que ofereça segurança e liquidez, como poupança ou um Certificado de Depósito Bancário (CDB). Afinal, pode ser preciso retirar uma quantia a qualquer momento.

Além de saber quais são seus objetivos, é muito importante conhecer seu perfil de investidor para alinhar suas aplicações com suas possibilidades e necessidades. Uma pessoa com perfil conservador, por exemplo, deve dar preferência para investimentos que sejam mais seguros, mesmo que tenham uma rentabilidade mais baixa. Por outro lado, investidores mais agressivos podem optar por uma carteira que conte com aplicações mais arriscadas, como o mercado de ações.

3. Busque orientação especializada

Ler sobre investimentos é passo importante para quem deseja começar a investir. No entanto, mesmo quem se informa constantemente sobre o assunto, deve buscar orientação especializada para se certificar que está escolhendo as melhores aplicações para sua carteira. Muitas pessoas buscam assistência no próprio banco em que têm conta-corrente. Apesar da comodidade, sempre vale a pena pesquisar também corretoras de valores para se certificar que está conseguindo a melhor rentabilidade.

Entre os pontos que você deve levar em consideração na hora de buscar assessoria especializada para seus investimentos estão as taxas cobradas pela corretora ou banco, mix de produtos financeiros oferecidos, rentabilidade dos investimentos e atendimento personalizado.

4. Conheça os principais erros

Ter sucesso como investidor passa também por conhecer os principais erros cometidos por quem está começando a investir e, também, como evitá-los. Entre os principais deslizes cometidos por investidores iniciantes estão investir sem pesar os riscos, sempre seguir o mercado e não pesquisar as melhores taxas.

Aplicar de forma descuidada, sem nenhum planejamento é comum entre quem está começando. Fique atento para não cair nessa cilada! Para ser bem-sucedido como investidor, é sempre importante considerar a possibilidade de perdas e não ser ganancioso com suas aplicações. Desconsiderar taxas é outro equívoco comum. Para não cometer esse deslize, considere sempre custos de transações, taxas e impostos ao investir para não ter surpresas desagradáveis ao retirar seu investimento.

Outro erro imperdoável é sempre seguir o mercado na hora de fazer aplicações. Por insegurança ou falta de conhecimento, quem está começando a investir tende a aplicar sempre onde todos estão aplicando. Isso pode fazer com que você perca dinheiro. Evite isso apostando sempre no estudo de cenários e considerando a possibilidade de comprar ações na baixa e vender na alta.

5. Diversifique sua carteira

Colocar todo o dinheiro em apenas um tipo de investimento é uma ação que pode prejudicar a rentabilidade e, até mesmo, sua segurança financeira. Para ter sucesso como investidor, é essencial apostar em uma carteira diversificada. Ao aplicar em produtos financeiros diferentes, você reduz as chances de sofrer perdas e, ainda, consegue ter investimentos para diferentes objetivos financeiros, considerando curto, médio e longo prazo.

6. Informe-se sobre novos produtos

Por fim, para investir com sabedoria é preciso estar antenado com os novos produtos que surgem a cada dia no mercado. Leia os relatórios disponibilizados por corretoras, torne a leitura do noticiário econômico um hábito e sempre acesse o site do seu banco em busca de novidades. O mercado financeiro é dinâmico, então é importante ficar atento para analisar se algum novo produto pode ser mais interessante para seus investimentos.

Para começar a investir com o pé direito, não deixe de seguir esse passo a passo. Analise seu orçamento, veja quanto pode disponibilizar por mês para essa prioridade financeira e torne o investimento um hábito. Conhecer seu perfil de investidor e os objetivos de curto, médio e longo prazo é outro passo essencial para ter sucesso e fazer seu dinheiro trabalhar a seu favor.

Não deixe ainda de buscar assistência especializada para se certificar que sua carteira é composta pelos melhores produtos para você. Conhecer os principais erros cometidos por quem está começando a investir, não colocar todo o seu dinheiro em apenas uma aplicação e estar sempre ligado nos novos produtos financeiros do mercado são outros pontos importantes para ter sucesso como investidor.

E você, está animado para começar a investir? Clique aqui embaixo, assine nossa newsletter e continue se informando sobre o assunto.