O que é fundo de investimento multimercado e como investir?

O que é fundo de investimento multimercado e como investir?

Você já ouviu falar em fundo de investimento multimercado? É possível que sim, pois atualmente somos expostos a muita informação todos os dias, não é mesmo? Isso fica ainda mais visível nas redes sociais.

Isso porque elas se transformaram em espaços para a divulgação de conteúdo sobre os mais variados temas, entre eles finanças. Hoje, podemos ficar perdidos com tantas opções de investimento.

Por isso, neste post, vamos esclarecer tudo sobre uma das opções de aplicações financeiras. Assim, você poderá compreender o que é fundo de investimento multimercado e como investir. Ou seja, a ideia aqui é trazer clareza. Então, continue a leitura para aprender mais!

O que é fundo de investimento multimercado?

fundo de investimento multimercado

Um fundo multimercado nada mais é do que uma categoria de fundo de investimento. Em outras palavras, é um tipo de aplicação financeira como outras mais conhecidas, como CDB e Tesouro Selic, por exemplo.

Porém, diferentemente das opções com classe específica, esse investimento interage com diversos mercados em vez de apenas um — por isso o nome.

As aplicações são geralmente administradas por uma pessoa ou grupo de especialistas. Quem cuida de um fundo tem a liberdade para operar diferentes ativos e modalidades de investimento, que podem variar desde papéis de renda fixa e moeda estrangeira (como o dólar) até ações de empresas.

Para facilitar o entendimento, imagine o cenário no qual as pessoas da sua família deixam aportes em dinheiro em uma caixa. Cabe a você controlar esse montante e escolher os melhores produtos para comprar para a casa.

Nesse exemplo, você desempenha um papel semelhante ao de quem administra um fundo de investimentos. Seus familiares confiam em você e na sua capacidade para adquirir os itens necessários para o dia a dia. Da mesma forma, quem investe em um fundo também confia que os gestores farão boas aplicações.

Qual é a estrutura do fundo de investimento multimercado?

Administrador

Como o próprio nome diz (e como explicamos acima), o administrador é o indivíduo ou empresa para cuidar da rotina do fundo. Ele faz o acompanhamento do fluxo de caixa e defende os direitos e ambições de quem participa do investimento.

Gestor

O gestor é a pessoa responsável por cuidar das compras e vendas dos ativos que integram o fundo multimercado. Ele decide em quais títulos, ações, moedas, derivativos ou papéis investir. Muitas vezes, existe um comitê gestor — grupo especializado em finanças e economia — para tomar essas decisões.

Custodiante

O custodiante é um banco ou empresa contratada para guardar os ativos do fundo. Além de mantê-los em segurança, é da responsabilidade dessa parte confirmar a compra ou venda de ativos e enviar diariamente um inventário ao gestor e ao administrador.

Distribuidor

É a entidade que se relaciona diretamente com quem investe no fundo. Ele vai responder as suas dúvidas sobre os seus rendimentos, quais serão os próximos passos do fundo e outras questões.

materiais educativos

Quais são as estratégias desse tipo de investimento?

Antes de aplicar seus recursos em um fundo multimercado, é recomendado conhecer a estratégia adotada por ele. Como os fundos geralmente investem de maneiras diferentes, é fundamental entender a abordagem que utilizam para ter mais segurança do investimento. Confira as principais estratégias utilizadas a seguir.

fundo de investimento multimercado

Macro

A estratégia macro envolve uma série de operações, em que investe-se em câmbio, em renda fixa ou variável e em outros tipos de ativo. Esses fundos tendem a considerar o cenário macroeconômico e pensar em longo e médio prazo.

Trading

Ao contrário da modalidade anterior, a ideia do trading é investir em curto prazo. Dessa forma, a partir desse critério, escolhem-se os melhores investimentos.

Long and Short

Também chamados de Equity Hedge, esses fundos operam principalmente com ativos de renda variável, como ações na Bolsa, por exemplo. Nessa estratégia, o gestor visa retorno e rentabilidade ao comprar e vender ações.

Juros e Moedas

Os fundos que seguem essa conduta são conhecidos por lidar com moedas estrangeiras, como euro e dólar. Eles também operam com taxas de juros e índices de preços, como Selic, IPCA, entre outros. Os gestores que seguem essas estratégias não aplicam em renda variável.

Livre

Como o nome sugere, os fundos de estratégia livre apostam em diferentes opções e variam ao longo do tempo. Eles costumam se moldar de acordo com o momento vivido pelos mercados financeiros.

Específica

Essa tática mira em um único alvo. Ao contrário das livres, aqui um ativo é definido com antecedência e é especificamente nele que as aplicações são realizadas.

Como investir em um fundo multimercado?

O primeiro passo requer de você uma conta em uma boa corretora de valores. De preferência, escolha as empresas conhecidas no mercado e com soluções práticas e seguras para o seu capital.

Saber que você pode contar com profissionais qualificados é um grande diferencial para dar início a esse tipo de investimento.

Com a corretora escolhida, analise quais são os fundos multimercados por ela disponibilizados. Leia o prospecto de cada fundo com bastante atenção, verifique o histórico, entenda quem são as pessoas responsáveis por ele e observe qual das estratégias citadas acima é a adotada.

Depois de fazer sua aplicação no fundo, lembre-se de acompanhá-la de perto. Assim, você saberá se o seu investimento anda conforme as suas expectativas.

Quais são os principais fundos?

Para que você conheça as opções de fundos multimercados disponíveis, pode fazer uma consulta no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Por lá, são apresentadas diversas informações sobre cada um dos fundos.

Entre os principais estão DLM Hedge Conservador, AZ Quest Legan Low Vol, ARX Especial e BNP Paribas Long and Short.

Vale a pena investir?

A resposta curta é sim! Pode valer a pena investir em fundos multimercados. Isso porque esse tipo de investimento tem uma boa variedade dos títulos para que consiga aumentar o ganho e a rentabilidade dos cotistas.

Porém, é preciso saber que toda escolha referente a esse universo depende da sua estratégia e do seu perfil de investidor. Por exemplo, um fundo multimercado pode ser uma ótima opção para o seu colega de trabalho, mas talvez ele não seja muito indicado para você.

Por isso, é fundamental pesquisar sobre a modalidade e analisar se ela atende aos seus interesses e se encaixa nos seus objetivos.

Assim como qualquer outra escolha financeira, a decisão de colocar dinheiro em um fundo de investimento multimercado deve ser feita após conhecer seu próprio perfil de investidor e suas necessidades.

Você tem vontade de aplicar o seu dinheiro? Então, entre em contato conosco e agende uma consultoria personalizada. Nós temos uma equipe para ajudar a realizar os seus sonhos!

seguro ideal

  • Publicado

    24 de janeiro de 2019

  • Categoria

    Educação Financeira

  • Tags Relacionadas

    Investimentos