Como fazer o controle de crédito e não gastar mais do que você ganha?

Como fazer o controle de crédito e não gastar mais do que você ganha?

Fazer controle de crédito é essencial para quem deseja ter uma vida financeira segura e equilibrada. Em geral, a prática consiste em saber exatamente quais são os gastos que você faz no cartão e quanto eles consomem não só do seu limite de crédito, mas também da sua renda mensal.

Além de ser indispensável ter atenção a valores, também é fundamental identificar as categorias do orçamento nas quais estão a maior parte das despesas e perceber se você está gastando em áreas que realmente precisa.

Quem pratica o controle de crédito tem mais facilidade na hora de economizar e evitar dívidas, pois sabe com exatidão aonde está indo o dinheiro. Além disso, consegue entender qual é o momento em que precisa colocar o pé no freio e parar de gastar.

Entre as dicas para fazer um bom controle de crédito estão: não ter muitos cartões, escolher uma boa data de vencimento da fatura e sempre negociar anuidades. É relevante, ainda, se planejar financeiramente, fugir de parcelamentos de compras e sempre pagar integralmente a fatura, entre outras ações.

Então não perca mais tempo! Aprenda hoje mesmo como fazer controle de crédito e não gastar mais do que você ganha. Continue a leitura e confira!

Concentre seus gastos em poucos cartões

Quando o assunto é controle de crédito, uma das principais armadilhas é fazer os seus gastos em muitos cartões diferentes. Para saber, de fato, quais são suas despesas, use, no máximo, dois cartões — de preferência, de bandeiras diferentes. Além de facilitar a administração das despesas, fica mais viável acumular benefícios, como pontos e milhas.

Outro cuidado: evite as inúmeras opções de cartões que são oferecidas por lojas, mesmo que não tenham cobrança de anuidade. Pelo bem das suas finanças, simplificar é preciso.

Escolha o vencimento com inteligência

Outro ponto que facilita o controle de crédito é escolher com sabedoria a data de vencimento do cartão. O ideal é optar por uma próxima ao recebimento do salário. Assim, você pode quitar seu cartão assim que entrar o pagamento, evitando problemas como multas e juros por atraso. Lembre-se que o pagamento do cartão deve ser prioridade. Essa é a única forma de evitar dívidas.

Negocie anuidades

Muitas instituições financeiras oferecem descontos ou, até mesmo, isenção de anuidade quando o cliente gasta acima de determinado valor todo mês. Não deixe de entrar em contato com seu banco para negociar a redução ou isenção da taxa e pagar apenas por aquilo que você realmente consumiu no cartão durante o mês.

Saiba quais são seus gastos

Um controle de crédito eficiente é aquele no qual você consegue identificar, com facilidade, para onde está indo seu dinheiro. Nesse sentido, é importante ter disciplina e saber precisamente em que áreas do orçamento está gastando.

O ideal é analisar suas despesas diariamente e o quanto elas já consumiram do seu limite de crédito e da sua renda familiar. Se identificar que está gastando mais do que deve em áreas que não são essenciais, como compras supérfluas, cuidados pessoais e lazer, coloque o pé no freio para não ter problemas no futuro.

Pague o valor integral da sua fatura

O crédito rotativo no Brasil, junto com o cheque especial, cobra alguns dos juros mais altos do mercado. Por isso, o ideal é sempre pagar integralmente a fatura mensal do cartão, evitando quitar apenas o mínimo. Mesmo parcelar a fatura não é um bom negócio: os juros também são altíssimos e você terá que comprometer parte da sua renda, por meses, para conseguir pagar pelo que já consumiu.

Tenha em mente que usar o cartão de crédito exige disciplina. Se você não consegue controlar seus gastos e, constantemente, tem despesas que superam sua renda, considere aposentar essa forma de pagamento no seu dia a dia.

Fuja das compras por impulso

A combinação de compras por impulso no cartão de crédito com um bom limite pode gerar consequências desagradáveis para as finanças. A facilidade que essa forma de pagamento oferece deve ser usada com sabedoria para evitar problemas no futuro. Nessa perspectiva, é sempre importante se perguntar se você realmente precisa fazer determinada compra e qual impacto ela terá no seu orçamento nos próximos meses.

O “dinheiro de plástico” (principalmente aquele que vem com alto limite de crédito) cria a ilusão de que é possível comprar tudo. Use o bom senso e não caia nessa armadilha. Planeje suas compras, pesquise preços e, se não conseguir resistir às tentações, cogite deixar o cartão de crédito em casa.

Planeje-se

planejamento é um dos seus principais aliados na hora de fazer o controle de crédito. Para manter a vida financeira em dia, planeje seus gastos mensalmente, estabelecendo metas de despesas para cada categoria do seu orçamento.

Comece pelas despesas essenciais, que você não pode abrir mão, como aluguel, mensalidade do colégio, contas de consumo etc. Em seguida, divida o restante da renda entre despesas relacionadas ao estilo de vida, como compras e lazer; e prioridades financeiras.

Caso tenha dívidas, sua prioridade deve sempre ser quitá-las para se livrar dos juros altos e ter segurança financeira. Quem está com as finanças em dia, deve considerar uma parte da renda para a formação de uma reserva financeira e/ou investimentos.

materiais educativos mongeral aegon

Evite parcelamentos

Parcelar as compras no cartão é um hábito comum entre os brasileiros. Apesar dessa possibilidade parecer, à primeira vista, uma forma interessante de adquirir bens mais caros ou fazer uma grande viagem, no longo prazo, esse hábito pode prejudicar suas finanças.

Isso acontece porque quem parcela toda e qualquer compra perde facilmente a noção dos gastos, o que pode levar a ter despesas que superam, e muito, o que é ganho mensalmente. Facilite o controle de crédito pagando suas compras à vista. Além de proporcionar que você saiba para onde vai seu dinheiro com mais facilidade, também aumenta as possibilidades de pleitear descontos e benefícios.

O controle de crédito é um dos principais aliados de quem busca uma vida financeira saudável. Coloque nossas dicas em prática, use o cartão com sabedoria e garanta, dessa forma, que você nunca vai gastar mais do que ganha e terá um futuro financeiro realmente seguro.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe-o em suas redes sociais para seus amigos também aproveitarem nossas dicas e ficarem em dia com suas finanças!

  • Publicado

    30 de janeiro de 2018

  • Categoria

    Educação Financeira

  • Tags Relacionadas

    Finanças pessoais