Diária por Incapacidade Temporária | Solicitar benefício

O benefício pode ser solicitado a partir da ocorrência de um sinistro, que se caracteriza pelo acontecimento do evento previsto e coberto pelo seguro, como um falecimento, acidente, invalidez, doença grave, afastamento do trabalho, entre outros.

Para solicitar o benefício, separe os documentos necessários e envie para a gente pelo correio, ou entregue em uma de nossas unidades. Confira abaixo os documentos necessários para o seu caso e como você deve proceder. Se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco por e-mail ou ligue para a nossa Central de Relacionamento. Estamos ao seu lado para ajudá-lo nesse momento.

Obs: caso seja necessário, poderemos solicitar outros documentos, além dos listados abaixo.

Documentos necessários para o Diária por Incapacidade Temporária

No caso de afastamento temporário do segurado, a primeira providência é entregar para a Mongeral Aegon uma cópia autenticada do Formulário de Habilitação de Beneficiários - Pessoa Física ou Formulário de Habilitação de Beneficiários - Pessoa Jurídica devidamente preenchido e assinado, com cópia dos documentos abaixo relacionados do segurado.

A entrega pode ser feita pessoalmente, na unidade de atendimento da Mongeral Aegon mais próxima, ou pelo correio, para Caixa Postal 40.966 - CEP 20.270-971 - Rio de Janeiro, RJ.

  • Aviso para Concessão e Prorrogação de Benefício de Afastamento com reconhecimento de firma;
  • Declaração Médica, com firma reconhecida do médico, comprovando a incapacidade temporária e fixando o número de diárias de incapacidade;
  • Boletim de Ocorrência Policial, se houver;
  • Laudo Oftalmológico, se necessário;
  • Laudos Médicos e Resultados de Exames (cópia). Em caso de exames de imagens, deverá ser enviado apenas a cópia dos laudos dos respectivos exames. Caso seja necessário a apresentação das imagens, solicitaremos posteriormente;
  • Carteira de Identidade do segurado (cópia);
  • CPF do segurado (cópia);
  • Cópia do Comprovante de Residência do segurado, de concessionária de serviço público (água, luz ou telefone fixo) não anterior a três meses da data da apresentação;
  • Comprovante de renda mensal, que poderá ser a cópia autenticada do contra-cheque ou do Imposto de Renda ou o saldo médio bancário declarado pelo banco em papel timbrado. Não serão aceitas declarações de contador;
  • Caso o segurado não tenha comprovante de residência, deverá entregar o documento:Declaração de Residência, juntamente com o comprovante de residência em nome de terceiros.
  • Caso possua obrigações fiscais em outros países, deverá entregar o Formulário de Informações Tributárias Complementares;